sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Desafio


Vou mudar alguns conceitos
Sei que são bons sujeitos,
Mas precisam melhorar
Vou matar-me em desejos
Lançar-me sem desespero
Aproveitar por inteiro
Ser feliz e cantar.
Cansei-me de dar respostas
Infinitas e mesquinhas
Não quero mais ver as vizinhas
Não quero mais ter que odiar
Pensando alto, sem tolice
Vou fugir da mesmice
E se tudo ocorrer bem,irei para não voltar
Correrei livremente
Abrirei minha mente
Não deixarei nada escapar
Quebrarei a corrente
Brincarei com uma serpente
Dançarei até sentar
Vou amar alguém estranho
Trocar a tinta de castanho
Vou rir até chorar
Acordar às seis da tarde
Sem fazer nenhum alarde
Para casa não retornar
Não farei dieta
Não andarei em linha reta
Pensem o que pensar.
Cometerei algum delito
Armarei algum conflito
Só para me excitar
Vou andar desnuda
Tornarei minha alma muda
Perderei a expressão sisuda
Que me forçam a ostentar
Vou brincar como criança
Alargarei a esperança
De um dia poder voar
Conseguirei ter certeza
Falar com firmeza
Aprenderei a orar
Roubarei um carro forte
Enganarei a morte
Com benção e o com sorte
Poderei todo dinheiro gastar
Solenemente grito
À contra gosto admito
Com o coração submisso e aflito
De nada me serviria isso... Se no fim eu não AMAR.

5 comentários:

Taís Helmer disse...

O melhor de todos Théss! Sem dúvida nenhuma você está se tornando cada dia mais uma profissional! Tudo muito lindo aqui! ^^ minha escritora preferida!

Taís Helmer disse...

O melhor de todos Théss! Sem dúvida nenhuma você está se tornando cada dia mais uma profissional! Tudo muito lindo aqui! ^^ minha escritora preferida!

Bethania disse...

Ai, eu amei tanto esse poema!
Não me arrisco a dizer que foi o meu preferido pq não quero cometer o enorme engano de desmerecer os outros.
Vc eh magnífica em tudo que escreve. E acho que se destacou ainda mais por escolher um tema tão adequado a sua própria personalidade.
Só espero poder ouvi-lo em uma canção que faça juz a sua grandiosidade e riqueza d significados.

Thaís Milani disse...

Agredeço vcs meus anjinhos(L)

WEVERTON disse...

MUITO BOM AMEI O POEMA, LEMBREI UM POUCO DE MIM AO LER ELE...
MAS É ISSO AE.
WOOF'.