sábado, 7 de agosto de 2010

Poema Escrito na Chuva


Ping-Ping! ... A goteira declama
Dois corpos dançando na cama.
Plock- Plock! ... Contra janela
Silenciosa água descendo a ruela.

A criança brinca, rolando na lama
_Logo para casa! A mãe é quem chama.
Pulando as poçinhas vem o levado
Plick-Plick! ... É o barulho causado.

O casal enamora vendo a chuva reinar
Respinga no peito, a tamborilar
A roupa encharcada de tanto amor
Plof! ... Explode em beijinho o ardor.

O velho observa da cadeira em balanço
A flor se abrindo, encanto e danço.
No banho deleita-se a bela florzinha
Oh! ... Grita admirada a vizinha.

O pássaro acolhe-a em sua penugem
Avista de longe novas gotas que surgem
Rohf-Rohf! ...Sacode as visitas
Piu-Piu! ... Canta-as bem vistas.

Chuá-Chuá a chuva liberta-se
Subindo nos ares, enfim eleva-se
O sol retorna, em brilho majestoso
Sugando a água ao céu caloroso

Sem nenhum ruído
As gotículas vão subindo
No céu irão morar.
Mas logo logo, á terra irão retornar

Chuá-Chuá;Chuá-Chuá;Chuá-Chuá
No céu irão morar
Chuá-Chuá;Chuá-Chuá;Chuá-Chuá
Á terra irão retornar

8 comentários:

Antonio Carlos disse...

Oi Thaís,
Que poema maravilhoso, lúdico, e muito criativo, foi muito bom viajar na sua imaginação!
Obrigado por sua presença em meu blog, e pode contar estarei aqui sempre prestigiando as suas leituras.
Bom domingo .. ;)

Thaís Milani disse...

Obrigado Carlos... seja muito bem vindo em minha página!

Não tenho. disse...

Parabéns Thaís, pela sua dedicação e criatividade!

DGM

Gabriel disse...

Thaíss !

Jah te disse que seus poemas são incríveis... Parabéns por seu grande talento.

Bjo

Victor Gustavo Severo Broetto disse...

gostei neim :D

Thaís Milani disse...

Obrigado meu amores :)

Bethania disse...

Sempre cheia de criatividade, não é?!
Mas é definitivamente lindo esse poema.
Um novo estilo. Amo quando vc se supera dessa forma e nos mostra uma nova faceta.
Acredito muito em vc, menina!
Beijos

Thaís Milani disse...

Obrigada Bê.. sua força é importante sabe disso. (L)